Arquivo para responsabilidade social

Um dia volta pra você!

Posted in Autoconhecimento, Responsabilidade Ambiental with tags , , , , , , , , , , , , , , on 24/09/2009 by Renata Junqueira

Uma questão ambiental

Existe uma lei natural que atua sobre nós de forma inexorável,  tal como a lei da gravidade. Esta lei é chamada na cultura hindu de karma, significa “ação” e designa uma lei universal de causa e efeito. Segundo o professor DeRose “podemos definir karma como um destino maleável, que modificamos a cada minuto em virtude de nossas ações, palavras e pensamentos. Estamos o tempo todo a tecer nosso futuro imediato e distante”. Dessa forma percebemos que karma não é algo necessariamente ruim, como muitos ocidentais pensam, mas apenas uma lei que gera uma reação a cada ação que produzimos no universo.

É importante ampliarmos nossa percepção da realidade pois muitas vezes nos fechamos no nosso mundinho e achamos que tudo o que fazemos, falamos e pensamos é um problema apenas nosso. Mas não percebemos que vivemos em um mundo onde tudo e todos estão de alguma forma interligados, como uma rede. Seja esta rede mais sutil como a “rede”, ou as ondas dos pensamentos, das emoções, intuições ou mais densa como a própria Terra, nosso corpo etc.

Hoje em dia alinhado com o conceito ambientalista e ecológico podemos perceber esta conexão oculta entre cada um de nós no nosso dia-a-dia, nos jornais, na televisão. É só ver ou ler qualquer notícia sobre o chamado efeito estufa ou aquecimento global. Este fenômeno nada mais é do que o resultado da falta de consciência global e a excessiva ambição do homem.  Afinal nós sempre achamos que poderíamos utilizar a natureza da forma que bem entendêssemos sem uma conseqüência para isso, sem um karma futuro.

Conhecendo os princípios do karma cabe a cada um modificar e modelar o próprio futuro. “Qualquer mudança de hábitos, de alimentação, de amizades, de profissão, tem como conseqüência uma alteração enorme no karma.” E o mais importante, sabendo que de alguma forma nossas ações se refletem no universo cabe a nós, que temos consciência disto, tomarmos partido para uma mudança significativa começando pelos nossos hábitos, nos reeducando para que sejamos exemplos para os demais que ainda não compreendem isto.

A Arte de Bem Viver – é ser uma pessoa mais responsável e consciente de seus atos, atuando como catalisador para a melhoria do mundo em que vivemos!

Veja o vídeo abaixo feito pela WWF Brasil que mostra em animação sobre o conceito de karma.

Bibliografia utilizada:

Karma e dharma – transforme sua vida, DeRose, Editora Nobel, São Paulo, 2007

 

Anúncios

Campanha do Agasalho – quanto mais gente, mais quente!

Posted in Ação social, Solidariedade with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on 01/06/2009 by Renata Junqueira

campanha do agasalho, palácio dos bandeirantes

 

“Em colaboração com a Defesa Civil e com o Governo do Estado de São Paulo, os instrutores e alunos da Universidade de Yôga se engajaram em uma campanha permanente pelo civismo e pela responsabilidade social. Buscamos participar de todas as ações promovidas pelo Governo Federal, pelos Governos Estaduais e pelas entidades humanitárias e assistenciais.

Uma dessas ações é a Campanha do Agasalho, para a qual trabalhamos todos os anos, junto ao Fundo Social pela Solidariedade.

Uma dessas ações é a Campanha do Agasalho, para a qual trabalhamos todos os anos, junto ao Fundo Social pela Solidariedade. Desde o início do ano nossos instrutores e alunos estão alertados para deflagrar nossa força de arrecadação de agasalhos assim que o Governo der o sinal verde.

Pois bem, foi dada a partida. Todas as nossas Unidades do Estado de São Paulo estão em ação para arrecadar o máximo possível de agasalhos no menor período de tempo possível. Não adianta chegarmos na Defesa Civil com os agasalhos depois que o inverno já estiver impondo seus rigores aos desvalidos.

(Acesse o site www.uni-yoga.org para saber a localização das nossas escolas)

-Você pode ajudar fazendo uma arrumação nos seus armários e trazendo a qualquer uma das nossas escolas todos os agasalhos e cobertas que possa doar.

-Você pode ajudar enviando e-mails e mensagens aos seus amigos, parentes, clientes, colegas de trabalho ou de faculdade e incentivando-os a trazer os agasalhos a alguma das nossas escolas.

-Você pode ajudar oferecendo o seu tempo e participando ativamente das equipes que vão buscar e levar as caixas e demais trabalhos que precisam de voluntários.

-Você pode ajudar conseguindo caminhões, faixas e alto-falantes para que realizemos ações nas ruas residenciais dos bairros, a fim de que as pessoas nos escutem de dentro dos seus apartamentos e atirem os agasalhos nos caminhões, como temos feito em anos anteriores. Isto dá muito resultado.

-Você pode ajudar conseguindo que condomínios, prédios, empresas, clubes, academias, escolas permitam a colocação das nossas caixas de arrecadação.

Mas preciso que você reaja rápido.

Cada um ajuda como pode. Quem tem tempo, doa seu trabalho. Quem tem disponibilidade, efetua doações. O que importa é que estamos despertando nos jovens e em todos os nossos alunos a satisfação de sentirem-se úteis e, portanto, participantes da comunidade. Isto está em perfeita coerência com as propostas do Yôga, palavra que traduzida pode significar união, integridade, integração. No caso, integração na comunidade.”

Blog do DeRose