Filme que gostaria de ver em Cannes!

Posted in Cinema with tags , , , , , , on 16/05/2011 by Renata Junqueira
 
Foto do site http://www.zimbio.com
Hoje fuçando na programação de filmes exibidos no Festival de Cannes encontrei um filme que me interessou muito da britânica  Angelina Maccarone, chamado “The Look”. O filme se passa em torno “dos olhares” da atriz  Charlotte Rampling que aborda temas como os tabus, o desejo, a idade , a beleza etc.
Charlotte Rampling sempre foi admirada em seus filmes não só pela beleza mas por ser uma revolucionária e vanguardista. E neste filme ela dialoga com alguns convidados especiais como Peter Lindbergh e Paul Auster 
 

 

Vale a pena conferir no site oficial do Festival de Cannes os trailers dos filmes que estão competindo e os dos que não estão também! 
Anúncios

Seminário com tema: O TEMPO

Posted in Educação, filosofia with tags , , , , , on 12/05/2011 by Renata Junqueira

A empresa Santiago & Cintra está realizando um projeto muito bacana que chama-se FOCO.  Os três seminários que serão realizados durante este ano abordarão assuntos diferentes, mas que giram em torno se um tema central: “a presença crescente das tecnologias na economia, na vida social e na cultura contemporânea”. O primeiro seminário terá como assunto o TEMPO, conforme o convite abaixo.

O mais bacana é que será transmitido pela internet para quem não tiver disponibilidade para ir até o Ibirapuera.

Eu por exemplo terei que ver online!!

Perfect brunch for the Mother’s day

Posted in Gastronomia with tags , , , , , , , on 08/05/2011 by Renata Junqueira
 

Quando estava comprando o presente para minha mãe (Spa day L’occitane) pensei que seria legal dar o presente junto com um super café da manhã. E ntão passou na minha cabeça varias coisas para preparar para este brunch tão especial.

Porém, depois fiquei pensando como seria o brunch  perfeito… E olha só o que saiu!

Put on the table:

  • Azeite extra virgem
  • Manteiga francesa
  • Geléia St Dalfour de amora

Now, run for it:

Para começar passe no Seasa para comprar frutas frescas e algumas flores para enfeitar.

Depois corra até a PAO e escolha um dos diversos cakes salgados. O de azeitona é incrível. Também tem a opção de um "pão de queijo" francês que é feito com vários tipos de queijos e tomilho.

A próxima parada será na Kopenhaguen para levar o Cappuccino mais cremoso de São Paulo!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  

Aproveite para passar no Tineta, e peça waffles com mel. Em casa coloque bastante geléia St Dalfour de amora!

 

Mas ainda não terminamos a corrida, faltou passar lá no Jardins no Levin e embalar um incrível croissant de queijo brie quentinho! Pode abusar da geléia de framboesa que eles mesmos oferecem.

 

 E finalmente…
 

O emocionante bolo de cenoura do Santo Grão. Nada mal se for acompanhado com um expresso Santo Grão.

 
Pronto. Depois que tudo isto estiver na mesa é só aproveitar a comida e a compania!

Exposição M. C. Escher

Posted in Arte with tags , , , on 04/05/2011 by Renata Junqueira

Já começou a exposição que eu quero ver a muuuito tempo!!!

Pra mim o Maurits Cornelis Escher (vulgo Escher), é um dos melhores artistas gráficos do século. Além dos seus desenhos terem uma precisão incrível os efeitos e a vida que ele dá a eles é incrível!!

Este sábado com certeza vou estar lá, e vou chegar cedo pois a entrada é franca e vai ter muita gente!!!

O Mundo Mágico de Escher
Até 17 de julho de 2011
Local: CCBB-SP
Endereço: Rua Álvares Penteado, 112, Centro/ Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô
Horário: terça a domingo, das 9h às 20h
Classificação: Livre
Entrada Franca

Um dos desenhos que mais gosto:

Erykah Badu – Next Lifetime

Posted in Música with tags , on 28/04/2011 by Renata Junqueira

A voz da Erikah Badu é algo incrível, boa para ouvir a qualquer hora do dia!!!!
Essa música especificamente é uma das minhas favoritas pois a letra é triste mas emocionante!!

Now what am I supposed to do
When I want you in my world
How can I want you for myself
When I’m already someone’s girl?

First time that I saw you boy
It was a warm and sunny day
All I know is I wanted you
I really hoped you looked my way
When you smiled at me
So warm and sweet
I could not stay
You make me feel like a lilting girl
What do you do to me

I guess I’ll see you next lifetime
No hard feelings
I guess I’ll see you next lifetime
I’m gonna be there

You’re imaging
Feels so damn good to me
It picks me up don’t wanna come down
You got me spinning all around
Yeah
You need to know
I’ve got that somebody
You’re beautiful
But it ain’t that type of party

Well I guess I’ll see you next lifetime
Baby we’ll be butterflies
I guess I’ll see you next lifetime
That sounds so divine
I guess I’ll see you next lifetime
I guess I will now
I guess I’ll see you next lifetime
Wait
Wait a little while

See it ain’t nothing wrong with dreaming
Boy don’t get me wrong
Cause every time (every time) I see you (every single time)
I know just how strong (every single time)
That my love is for my baby
But emotions just don’t lie
Well I know I’m a lot of woman
But not enough to divide the pie

I guess I’ll see you next lifetime
You know I want to stay around
I guess I’ll see you next lifetime
I’m so confused now

I guess I’ll see you next lifetime
Already
I’m going to be there
I guess I’ll see you next lifetime
I’m going to look for you

I guess I’ll see you next lifetime
Oh
Oh baby
I’m gonna be there
I’m gonna be there

A arte de Pina Bausch

Posted in Arte, Cultura with tags , , , on 20/04/2011 by Renata Junqueira

Neste final de semana fui no Teatro Alfa ver a apresentação da companhia Tanztheater de Wuppertal, fundada pela alemã Pina Bausch. Mesmo sem a presença de Pina, a apresentação está realmente incrível, os 17 bailarinos que fazem parte da companhia incorporaram os ensinamentos desta grande coreografa.

A união do teatro com a dança me transmitiu uma sensação incrível de proximidade com os dançarinos, que com muito sentimento, expressão corporal e bom humor me  envolveram de tal forma que nem percebi as mais de 2 horas de espetáculo passar!

Estou até agora tentando decidir o que foi mais incrível: a atuação dos dançarinos, o figurino ou a trilha sonora!

Vai aqui um vídeo que não está muito bom da peça Ten Chi que foi apresentada aqui no Brasil.

E também o trailer do curta alemão sobre a obra de Pina Bausch

E para babar nos figurinos tem também essas fotos tiradas do site R7 entretenimento, da fotógrafa Julia Chequer.

Só uma dor cura outra dor

Posted in Cinema with tags , , , , , on 12/03/2011 by Renata Junqueira

 

Fonte: Uol cine

Não é a toa que o filme “Em um mundo melhor” de Susanne Bier ganhou o Globo de Ouro e o Oscar de melhor filme estrangeiro.

O filme disserta sobre a vida de duas famílias cujo os caminhos se cruzam por conta da amizade entre os filhos.

Muitas cenas me impactaram  de verdade neste longa. Uma delas foi a forma como Bier mostrou o que é ser uma pessoa integra, verdadeiramente humilde e corajosa.  O médico Anton (Mikael Persbrandt), que trabalha na África em plena guerra civil, para educar seus filhos mostra a eles que nunca se deve revidar uma agressão, e sim perceber o quão estúpido e ignorante é a pessoa que tomou as atitudes violentas. Nesta cena, Anton é agredido por um mecânico e ao invés de revidar ou ficar furioso ele da a outra face e o homem novamente lhe dá um tapa. “Ele é um idiota. Se eu bater nele, também serei um”, diz para seus filhos.

No entanto a mensagem que realmente me marcou foi a de que assim como “só um amor cura outro”, “só uma dor, cura a outra”. Christian (William Johnk Nielsen), um pré-adolescente que enfrenta a dor do luto de sua mãe, coloca toda a culpa deste acontecimento em seu pai, e por isso o odeia profundamente. Ele acaba se tornando um menino rebelde e agressivo. Porém, em uma de suas atitudes violentas seu amigo Elias (Markus Rygaard) sofre um grave acidente. Neste momento ele passa novamente pela dor do luto, mas, ao saber que Elias sobrevive Christian consegue perceber a vulnerabilidade em que todos nós estamos sujeitos e “perdoa” seu pai.